Sobre a doce tristeza dos encontros turcos e animações soviéticas Por Aysegul Savas*   Quando eu tinha oito anos de idade e meu irmão nove, nos mudamos de Ankara para Londres, onde aguardávamos a vinda do nosso pai, que na época ainda trabalhava em Copenhague. Ambos com 33 anos e sem renda fixa, nossos pais…

Ler mais

Eu fui aquele da noite chegado. Eu saí na chuva, dela voltei. Eu andejei do clarão afastado. Eu olhei pro triste beco abaixo. Eu passei à batida do vigia, E baixei os olhos, inexplicado. Eu pauso e paro o som dos passos. Percebo um choro interrompido Mover-se das casas além daqui, Ele não chama nem…

Ler mais

Tradução livre para o português a partir do texto original em espanhol “La dirección de la mirada”, de Julio Cortázar, publicado em 1979 na edição n.76 da revista literária francesa L’arc. O sentido do olhar Julio Cortázar. Ilion, as campinas toscanas ao término de Guelfos e Gibelinos, as terras dinamarquesas na região de Brabante encharcadas…

Ler mais

Tradução livre para o português do conto “A Ring”, do croata Miljenko Jergović, parte da coletânea Sarajevo Marlboro, publicado em 1994; a edição em inglês foi publicada pela Archipelago Books em 2004, com tradução de Stela Tomasevic. Ligação Miljenko Jergović O médico nos avisou que minha avó morreria naquela noite. Ela perderia a luta pela…

Ler mais

Tradução livre para o português do conto “Theft”, do croata Miljenko Jergović, parte da coletânea Sarajevo Marlboro, publicado em 1994; a edição em inglês foi publicada pela Archipelago Books em 2004, com tradução de Stela Tomasevic.   Éden Miljenko Jergović No nosso jardim havia uma macieira. Os frutos eram de dar água na boca e alcançavam à…

Ler mais