Me lembrei do J. J. foi seu amigo. Corpulento, foi chapa na estrada federal que corta a cidade. Andava sempre sem camisa, de bermuda e chinelos, em qualquer ocasião. Voltemeia o via de tênis, essa era a única variante nesse esquema de vestimenta. Com um terço dos dentes na boca, falava sempre sorrindo, quase gargalhando,…

Ler mais

Hoje encontrei dois amigos. Um deles me disse nunca ter visto as margens de um rio no leste europeu. Me disse, na verdade, já não saber distinguir nunca ter visto ou já não se lembrar. Enquanto ele falava havia um esforço em mim, amedrontado pela iminência do esquecimento, para agarrar cada uma daquelas vibrações em…

Ler mais