cinco minutos antes da tempestade

apresso o passo à rua do cínico filho de deus, corro, caminho deserto e sinto já ao pé do morro sóis atravessados entre as frestas dos verdes úmidos agora dourados, chuva e solo iluminados me orientam à terra alva, já não mais deserto caminho e noto à esquerda o estabelecimento ‘tempo e espaço’, de portas fechadas em razão do recesso do feriado.
.
G. (4.1.19)