Harsneren: a língua das noivas armênias

Harsneren (em armênio “língua da noiva”) é uma linguagem de sinais criada pelas mulheres no interior do país para se comunicarem sobre determinados temas e darem conta da regra de silêncio imposta às mulheres casadas. Exploro aqui como essa língua foi desenvolvida, em que momentos é utilizada e o que esses sinais representam. Em viagens pelas províncias de Baghanis, Voskepar e Noyemberyan na provínvia de Tavush, extremo-norte da Armênia, jovens a utilizam para se comunicar e expressar necessidades básicas aos seus maridos, cunhados e outros membros da família – em casos extremamente necessários. Conversas com mulheres da região (fluentes e não fluentes na língua) permitiram uma compreensão melhor das normas e situações das mulheres casadas nos séculos 19 e início do século 20. Tais normas incluem longos períodos de silêncio e a expectativa das mulheres em abrirem mão de seu discurso como uma forma de respeito aos homens.

D.P Karbelashvili, 1935